CAMARA

Campo Grande-Menino deixa cabelo crescer para doar a 'tia' com câncer; mulher morre, mas ele mantém a promessa

Por Página MS em 25/01/2024 às 08:49:06

Um menino de 11 anos deu uma lição de solidariedade e empatia com o próximo, em Campo Grande. Ele ficou por três anos sem cortar o cabelo, esperando o crescimento dos fios, para que pudesse doar para a confecção de uma peruca para pessoas com câncer.

No ano passado, a boa intenção ganhou um propósito específico, doar para uma amiga da família, uma "tia por consideração" do garoto que enfrentava a doença. Ela morreu antes de receber o "presente", mas o menino manteve a promessa da doação.

Na terça-feira (23), Heitor Carmona Zanella Messias, se despediu do "cabelão" e a mãe, Gabriella Carmona, fez questão de registrar o momento no salão.

A mãe conta que em 2021, durante a pandemia, o menino quis deixar o cabelo crescer, para evitar ir ao cabeleireiro, por conta das medidas de isolamento contra a Covid e, que já naquela época, com apenas 9 anos, ele já manifestava a intenção de doar o cabelo.

Gabriela diz que no ano passado, o propósito de Heitor foi reforçado, após uma amiga da família ser diagnosticada com câncer.

"Teve um dia em que fui visitá-la e fiz uma foto dela careca. Cheguei em casa e mostrei para ele. O Heitor ficou muito emocionado e disse que queria doar o cabelo dele para ela", recorda a mãe.

Entretanto, não houve tempo para ele fazer a doação para ela. A amiga da família não resistiu a doença e morreu há pouco mais de um mês.

A mãe, relata que a dor da perda de alguém tão próximo reforçou a intenção do filho, agora para ajudar outras pessoas a melhorar a autoestima na luta contra a doença.

"Eu até chorei na hora, porque esse gesto dele é uma lição para qualquer pessoa. Eu, por exemplo, nunca tive coragem de cortar o meu cabelo. Ele é apaixonado pelo cabelo dele, aonde nós íamos, sempre elogiavam o cabelo comprido dele, porque ele é muito bonito e, ainda assim, ele decidiu cortar", se orgulha Gabriela.

Ontem, quarta-feira (24), a mãe de Heitor entrega as mechas no local onde é feita a confecção de perucas para pacientes em tratamento.

"Filho, parabéns por este gesto de solidariedade e amor ao próximo. Estou muito orgulhosa por você ter o coração tão generoso. Eu aprendo com você a cada dia. Obrigada por mais essa lição de amor! Eu te amo! ??", diz Gabriela em vídeo que mostra a transformação do filhote, postado no Instagram.

Doações

Em Campo Grande, uma das instituições que recebem doações é a Rede Feminina de Combate ao Câncer. O local fica na rua Marechal Rondon, no Hospital de Câncer. O telefone para contato é (67) 33249-7676.

Fonte: G1 MS

Comunicar erro
CRIATIVA

Comentários

Criativa