Homem cai em golpe após “banco” exigir pix para liberar empréstimo de R$ 120 mil

Engenheiro de 32 anos perdeu dinheiro depois de cair em golpe de criminosos que se passaram por funcionários de uma empresa que negocia empréstimos. Com a promessa de liberar R$ 120 mil, os criminosos exigiram que a vítima fizesse um pix no valor informado. Só depois de transferir o dinheiro, o rapaz se deu conta que havia caído na conversa de estelionatários.

À polícia, o engenheiro disse que toda a negociação foi feita com uma mulher que se identificou como Nathália. Segundo ele, para que a liberação do valor fosse feita, ele realizou um depósito no valor de R$ 250 e dois de R$ 1.610 para uma conta informada pelos suspeitos.

Após os pagamentos, ele ligou para o telefone da empresa, com sede em São Paulo, mas foi informado que no local não havia nenhuma funcionária chamada Nathália. Somente depois, o homem se deu conta de que havia sido vítima de um crime.

O caso foi registrado como estelionato na tarde de ontem, terça-feira (4) e será investigado pela 7ª Delegacia de Polícia Civil de Campo Grande.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×