‘Escultura imaterial’ é vendida por mais de R$ 90 mil na Itália

Obra é do artista Salvatore Garau

‘Vazio é espaço cheio de energia’

Mede 1,5 m x 1,5 m, diz galeria

Inclui certificado de autenticidade

A escultura invisível e imaterial “Io Sono” (“Eu Sou”, em italiano), do artista Salvatore Garau, alcançou o preço de € 14.820 –equivalente a R$ 91,3 mil– quando foi vendida em um leilão na Itália.

A peça foi negociada no evento 4-U new Arte Contemporanea, em 18 de maio, realizado pela casa de leilões de arte Art-Rite. O lance inicial era de € 6.000 a € 9.000. Na página da galeria, a obra aparece representada como um espaço em branco no catalogo de itens à venda.

O objeto de arte consiste, basicamente, em um espaço vazio delimitado pelo artista –em dimensões de 1,5 m x 1,5 m, segundo a Art-Rite, embora com a observação “dimensões variáveis”. A instituição indica ainda que ela deve ser instalada em um recinto “livre de qualquer estorvo”.

Registro de ‘Io Sono’, com descrição e dimensões (em italiano)Reprodução

A venda inclui um certificado de autenticidade assinado por Salvatore, assegurando ao comprador a posse da obra.

Em entrevista à casa de leilões (leia aqui, em italiano), Salvatore Garau diz que “esculturas intangíveis são obras que sinto físicas” o que o vazio é um “espaço cheio de energia”. Segundo ele, “no vazio existe um contêiner de possibilidades positivas e negativas que se equivalem constantemente, enfim, existe uma densidade de eventos […] Nós não enxergamos as milhares de informações que nos cercam e alimentam nossos telefones celulares. Não moldamos um Deus que nunca vimos?”

O artista também afirma fazer um trabalho fundamentalmente diferente da arte comercializada por NFTs –non-fungible tokens, arquivos criptografados que atribuem a um comprador a posse de uma peça de arte digital. De acordo com Salvatore, as esculturas intangíveis são “únicas, invisíveis e irreproduzíveis”. Também diz que, por não usarem tecnologia, as suas obras têm “impacto ambiental zero”.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×