Atriz Elizangela é internada em estado grave com sequelas da Covid

A atriz Elizangela, de 67 anos, foi internada nesta quinta-feira (20), em Guapimirim, na Baixada Fluminense, com sequelas respiratórias da Covid. O estado de saúde da atriz é considerado grave.

Segundo a prefeitura, ela chegou passando muito mal ao Hospital Municipal José Rabello de Mello e quase precisou ser intubada. Nesta sexta-feira (21), Elizangela encontrava-se estabilizada, no CTI.

Os testes recentes apontaram que a atriz não tem mais o vírus da Covid. Segundo a assessoria da artista, ela é “bem rebelde” e radicalmente contra a vacinação — como deixa claro em suas redes sociais. Ela não tomou nenhuma dose do imunizante contra a doença.

Compartilhar:

Idoso de 71 anos morre após sofrer ataque de abelhas ao tomar banho em açude

Aos 71 anos, Teodomiro de Arruda morreu após ser atacado por enxame de abelhas enquanto tomava banho em um açude, na tarde ontem (16), no Jardim Zé Pereira, em Campo Grande.

Segundo o boletim de ocorrência, Teodomiro nadava acompanhado de outras cinco pessoas, quando ocorreu o ataque. Todos foram picados, mas conseguiram fugir, menos a vítima.

O Corpo de Bombeiros Militar chegou a ser acionado e arrastou o banhista cerca de 20 metros de onde o enxame estava, mas a vítima não resistiu aos ferimentos. O local em que houve o ataque de abelhas é de mata fechada.

O corpo de Teodomiro foi identificado pelo irmão e encaminhado ao Instituto de Medicina e Odontologia Legal (Imol). O caso registrado como morte a esclarecer na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac/ Centro).

Compartilhar:

Energisa atribui pane que deixou mais de mil clientes sem energia à ave em fios

A pane na rede elétrica registrada na manhã de domingo (16), que deixou 1.049 clientes sem luz, semáforos desligados e prejudicou o atendimento em postos de testagem e de vacinação, foi ocasionada pelo contato de uma ave com a rede elétrica, conforme a Energisa.

A luz foi restabelecida em toda a região central por volta das 11h. Conforme a concessionária, as equipes que inspecionaram a região para verificar o motivo da queda de energia identificaram que houve um curto circuito e rompimento de cabos ocasionado pelo contato de uma ave com a rede elétrica. A empresa não detalhou como aconteceu o incidente.

Os semáforos ficaram desligados em quase todos os cruzamentos da Rua Barão do Rio Branco, na Rua da Paz com a Goiás, na Avenida Afonso Pena com a Rua Alagoas, Espírito Santo, Paraíba, Rio Grande do Sul e José Antônio.

O atendimento no Centro de Testagem Covid-19, na Rua Barão do Rio Branco ficou mais lento em razão das oscilações no fornecimento de energia elétrica. O polo de vacinação da Seleta também foi prejudicado.

Funcionários disseram à reportagem que, quando a equipe chegou ao local, já não havia energia. O atendimento começou apenas às 7h40, mas foi paralisado uma hora depois após nova interrupção no fornecimento.

Compartilhar:

Greve dos servidores da Receita Federal provoca fila de caminhões na fronteira

A greve dos servidores da Receita Federal de Ponta Porã provoca uma fila extensa de caminhões na fronteira. Os trabalhadores reivindicam reajuste salarial, pagamento de bônus por produtividade e a realização de concurso público.

Eles também reclamam o corte de mais de R$ 1 bilhão no orçamento para este ano de 2022.

A operação Padrão que teve início no fim de 2021 e acontece em frente ao prédio da Receita, causa também a demora na liberação das mercadorias. Até então, o atendimento aos caminhoneiros era feito em até quatro horas, agora, demora em torno de 24 horas ou mais.

Compartilhar:

Conheça os participantes da 22ª edição do BBB; Thiago Abravanel é confirmado

Depois de muito mistério e especulação, a TV Globo divulga os nomes dos participantes da nova edição do Big Brother Brasil. Muitos fizeram ‘bolão’, outros ‘vazaram’ lista de possíveis candidatos na internet, mas a verdade é que a emissora segurou até esta sexta-feira, 14, para anunciar a lista oficial. Os nomes começaram a aparecer após o primeiro intervalo da novela vespertina O Cravo e a Rosa.

O BBB 22 estreia nesta segunda-feira, 17, agora com o comando do ex-apresentador do Fantástico, Tadeu Schmidt. Essa semana foi de fortes emoções para a equipe do reality. Isso porque três participantes testaram positivo para covid-19 e estão em isolamento até se recuperarem. Boninho, diretor do programa, garante que o fato não vai mexer no cronograma.

O primeiro nome anunciado nesta sexta-feira no intervalo da novela foi o da médica Laís Rodrigues Caldas, de 30 anos, do interior de Goiás. Ela faz parte do grupo Pipoca, de participantes anônimos do reality. “To indo focada no jogo. Gosto de holofotes e gosto de aparecer. E vou chegar chegando!”, prometeu.

O segundo participante, também do time Pipoca, apareceu no intervalo da Sessão da Tarde. Natural de Florianópolis, Santa Catarina, Luciano tem 28 anos e disse que gosta de dançar, sobretudo balé, e é ator. “Quero ser rico e famoso a ponto de não conseguir andar em um shopping”, brinca.

A professora de Biologia Jessilane, do grupo Pipoca, é natural da Bahia, mas mora em Valparaíso de Goiás. Ao ser anunciada no intervalo da Sessão da Tarde, a jovem só teme sair do reality show com um apelido: “Quero tudo, menos sair do programa como planta”.

O designer de formação Eliezer, 31 anos, é de Volta Redonda, no Rio de Janeiro, e é mais um do grupo Pipoca. “Para colar comigo tem que ser louco”, avisa.

Ainda no time Pipoca, a paraibana Eslovênia, de 25 anos, diz que o pai dela se inspirou na divisão da Iugoslávia ao escolher seu nome. Estudante de Marketing, atualmente trabalha com influenciadora digital e fala sobre moda. “Tenho até vergonha de falar o quanto sou competitiva. Batalhei por tudo sozinha na vida”, ressaltou.

O engenheiro Lucas, de 31 anos, estuda Medicina e diz que pretende seguir na área de nutrologia. Ele é mais um participante do Pipoca. “Quero envelhecer com qualidade de vida”, afirma.

A Relações Públicas Bárbara tem 29 anos e estará no BBB 22. Ela é gaúcha de Novo Hamburgo e foi a última anunciada do time Pipoca. “O estereótipo me fez querer estudar para as pessoas não terem o que falar de mim”, declara.

O primeiro anunciado do grupo Camarote foi o cantor e ator Arthur Aguiar, de 32 anos, atual marido da influenciadora digital e coach Mayra Cardi. “O BBB é uma grande oportunidade de recomeço que Deus está me dando”, disse.

Rodrigo tem 36 anos e é natural de São José dos Campos, interior de São Paulo. Formado em Administração, trabalha como gerente comercial. “Não sou uma pessoa passiva. As pessoas aqui fora me amam ou me odeiam. Nunca passei batido nessa vida”, observa.

A mineira Natália tem 22 anos e mora em Belo Horizonte. Modelo e designer de unhas, começou a trabalhar aos 9 anos de idade e nunca mais parou. “Eu tenho 22 anos e já vivi muitas coisas que uma mulher de 30 não viveu. Nada na minha vida foi fácil, sempre foi difícil, mas no final dava certo”, afirma.

Vinicius tem 23 anos e nasceu em Crato, Ceará. Mora com o pai, a avó materna e a tia em uma pensão da família. “Para discutir comigo é bom vir com água e um banquinho, porque não arrego”, comenta.

O surfista Pedro Scooby, ex-marido da atriz Luana Piovani, está no Big Brother Brasil 22. “Sou um cara que gosta de viver”, afirma. Habituado à liberdade, os limites do confinamento podem incomodá-lo. Mas as festas serão momentos de muita diversão para ele, que diz ser da noitada e adianta que gosta de curtir.

A bailarina Brunna Gonçalves, mulher da cantora Ludmilla, é uma das participantes do BBB 22. “Não durmo, sou aquela que vejo as pessoas dormindo”, conta sobre a experiência como espectadora. Brunna já esteve na casa do BBB a trabalho, durante show de Ludmilla para os brothers.

Ainda no ‘Camarote’ está o atleta olímpico Paulo André, de 23 anos, filho do ex-velocista Carlos José Camilo de Oliveira. “Jogar o jogo eu acho que vou conseguir, mas jogar com as pessoas vai ser meu principal desafio”, avalia.

Nascida e criada na Cidade Alta, Zona Norte do Rio de Janeiro, a atriz e cantora Maria tem 21 anos e faz parte do grupo Camarote do BBB 22. Ganho só no deboche, na paciência”, brincou.

A influenciadora digital e empresária Jade Picon tem 20 anos e nasceu em São Paulo. Nas redes sociais, ela tem mais de 20 milhões de seguidores. “Eu gosto de um desafio, sou uma pessoa disciplinada e me sinto pronta para o jogo no BBB”, garante.

O ator Douglas Silva tem 33 anos e nasceu no Rio de Janeiro. Ficou conhecido pelo personagem Dadinho, na fase da infância, no filme Cidade de Deus – longa que recebeu quatro indicações ao Oscar em 2004. “Prezo pela paz, detesto discutir, mas depois que entro [em uma briga], é difícil sair”, afirma.

Atriz e cantora, Linn da Quebrada tem 31 anos, nasceu na capital de São Paulo, mas cresceu no interior do estado. Iniciou a carreira artística como performer, e, na adolescência, também foi auxiliar de cabeleireira. “Canto na intenção de ouvir aquilo que não ouvia antes. E eu sou uma exceção. A grande maioria das travestis não tem a possibilidade de trabalhar, de atuar, de ter dignidade na sociedade”, avalia.

Ator, cantor, apresentador e empresário, Tiago Abravanel nasceu na capital paulista e tem 34 anos. De uma família de artistas e neto de Silvio Santos, iniciou a carreira no teatro aos 17 anos. “Viver a experiência é a realização daquilo que eu sempre assisti”, observa.

Compartilhar:

Vacinação contra febre aftosa bate novo recorde com 99,6% de índice vacinal

Índice de vacinação de animais contra a febre aftosa alcançou a marca de 99,62%, segundo divulgou a Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) – que bateu um novo recordo de cobertura vacinal.

A campanha de vacinação começou em 1º e encerrou dia 30 de novembro para as regiões do planalto e para os optantes do pantanal, que terminou dia 15 de dezembro.

Esse índice apresenta um aumento de 0,19% de animais vacinados se comparado à etapa de novembro de 2020. No total, foram vacinados 9.119.303 animais, entre bovinos e bubalinos.

O diretor-presidente da Iagro, Daniel Ingold, avalia que os resultados já são esperados a cada ano, haja vista o envolvimento dos produtores rurais e de toda cadeia produtiva da carne, que compreendem a importância em manter a sanidade do seu rebanho como pré-requisito para a elevação do status sanitário através da retirada da vacinação prevista para este ano em MS.

MS caminha rumo à retirada da vacina, buscando o reconhecimento internacional da OIE (Organização Mundial de Saúde Animal) de área livre sem vacinação. Para tanto, segue as diretrizes do PNEFA (Plano Estratégico do Programa Nacional de Vigilância para a Febre Aftosa), do Ministério da Agricultura.

Compartilhar:

Quinta-feira deve ser de sol, mas com possibilidade de chuva em algumas regiões de MS

A última quinta-feira do ano promete ser de calor em Mato Grosso do Sul. Além do dia ser quente, existe previsão de chuvas isoladas em algumas regiões, conforme o Clima Tempo.

Campo Grande deve ter máxima de 33°C, com possibilidade de chuva no período da tarde. Em Três Lagoas, a máxima prevista é de 32°C e também existe previsão de chuva no município.

Em Terenos deve fazer calor, com termômetros registrando 34°C, com chuva à tarde. Água Clara deve ter máxima de 35°C e também existe previsão de chuva.

Corumbá atinge 35°C, com possibilidade de chover a tarde. Ainda segundo o Clima Tempo, Aquidauana atinge 35°C, com possibilidade de chuva.

Já em Coxim, máxima de 35°C e possibilidade de chuva isolada ao longo desta quinta-feira.

Compartilhar:

Músico Aurélio Miranda tem alta e já está em casa após cirurgia no cérebro

Submetido a uma cirurgia na madrugada do dia 9 de dezembro para retirar um coágulo no cérebro, o músico Aurélio Miranda recebeu alta na tarde de sábado, dia 11, e já se recupera bem em casa, conforme relato da filha, Laura Miranda, ao Jornal Midiamax, na manhã desta segunda-feira (13).

“Agora é recuperar, tirar os pontos… esses primeiros dias em casa são de muito cuidado. Mas ele está bem, está lúcido, está brincando, caminhando bem. Graças a Deus”, contou Laura ao MidiaMAIS.

Domingo (12), o primeiro dia de Aurélio de volta ao lar depois da operação, foi apreensivo, segundo a filha. “Dia de readaptação dentro de casa. Mas agora ele já está bem adaptado e tranquilo”, disse ela.

Até então, apesar de estar com algumas funções mais limitadas que outras, devido ao procedimento realizado na cabeça, Aurélio não apresenta sequelas e tem melhora progressiva, motivo de alívio e alegria para os familiares.

Coágulo no cérebro

Aurélio Miranda passou por uma cirurgia para a drenar o sangue acumulado na região. A situação assustou a família, De acordo com Laura Miranda, o procedimento cirúrgico foi realizado após uma hemorragia no local, que afetou o lado esquerdo do cérebro. As causas ainda estão sendo investigadas pela equipe médica.

“Três dias antes da cirurgia ele já estava dando sinal. Não de dores, não de sintomas de doença, mas de comportamento. Dificuldade pra calçar um chinelo, dificuldade para pegar um talher, dificuldade pra colocar o suco no copo, colocava fora. Falava algumas coisas sem nexo, não conseguia terminar raciocínio da fala, mas não sentia dor, não sentia nada. E daí, no último dia, que foi antes de ontem, ele entrou no centro cirúrgico já sem fala. Parecia que ele tinha vontade, mas não conseguia”, relatou Laura.

Aurélio Miranda

Aurélio Miranda é um dos grandes nomes da música regional. Compositor de mais de 400 músicas, Aurélio Miranda foi gravado e regravado em inúmeras ocasiões no meio sertanejo sendo um dos mais reconhecidos compositores do gênero. Com toda essa produção, Aurélio participou de grandes festivais como a Festa do Candango em Brasília e a Feira da Providência no Rio de Janeiro e mesmo na América Latina, como no III Festival do Mercosul.

Aurélio Miranda tocou com grandes nomes do sertanejo brasileiro como a dupla “Tostão & Guarany” e outros tantos sucessos das rádios nas décadas de 1980 e 1990. Em 2009 realizou um show em comemoração aos 35 anos de carreira onde tocou com artistas da terra como Geraldo Espíndola, Filho dos Livres e os amigos da dupla “Tostão & Guarany”.

Um dos seus maiores sucessos de Aurélio Miranda é sua composição “Fogo Humano”:

Compartilhar:

Com custo de até R$ 50 mil, cão-guia é realidade distante para cegos em Mato Grosso do Sul

Cachorros são os melhores amigos do homem e fazem a alegria de seus tutores, também chamados papais e mamães de pet. Esses animaizinhos são tão especiais que, em alguns casos, também têm uma missão: ajudar as pessoas com deficiência visual. O Dia Nacional da Pessoa com Deficiência Visual é comemorado nesta segunda-feira (13), e traz uma reflexão: o alto custo dos serviços de um cão-guia. Mato Grosso do Sul não tem nenhum registro dessa forma de acessibilidade que pode chegar a R$ 50 mil.

De acordo com o Ismac (Instituto Sul-mato-grossense para Cegos), não há registros de cegos que utilizem os serviços de um cão-guia atualmente em MS. O instituto atua na saúde, educação e assistência social, contribuindo para o processo de habilitação e reabilitação de pessoas com deficiência visual, com serviços especializados e totalmente gratuitos.

Porém, será difícil encontrar algum PCD com seu cão-guia no Estado. Não só em MS, mas o serviço é de difícil acesso em todo o Brasil. Dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) — de 2020 — mostram que cerca de 200 cães-guia estão em atividade no País.

A formação desses cães encontra muitas adversidades, desde a falta de recursos financeiros para treinamento e manutenção dos cachorros até a escassez de centros especializados que ofereçam a prática.

Cão-guia em treinamento. (Foto: Acioni Cassaniga)

 

Custo

Segundo o Instituto Íris, uma das instituições especialistas em cães-guia no Brasil, o custo para preparar e doar um animal é de aproximadamente R$ 35 mil, podendo chegar aos R$ 50 mil.

É exatamente devido a esse alto valor que cão-guia ainda é um recurso pouco acessível e o tempo de espera para receber um pode chegar a 3 anos — levando em conta o tempo de treinamento dos animais.

Como um cão se torna guia?

Conforme a Fundação Dorina, uma instituição voltada para pessoas cegas ou com baixa visão, ainda filhote, o cãozinho começa o processo de socialização com famílias voluntárias, que irão ensiná-los a conviver com outros seres humanos. Depois, o treinamento é feito por um adestrador especialista que ensinará comandos específicos, como desviar de obstáculos e esperar o momento certo para atravessar a rua.

Filhotes que vão se tornar cães-guia. (Foto: Angelo Borba)

 

Por fim, a própria pessoa que receberá o cão-guia passa por um treinamento com o animal para aprender a dar todas as instruções. O processo de treinamento é concluído quando o cão tem entre um ano e meio e dois anos.

O labrador e o golden retriever são as raças mais utilizadas, mas também é possível treinar pastores alemães ou borders. Normalmente são escolhidos cachorros de temperamento dócil e de médio ou grande porte, pois eles precisam ter força para guiar seus humanos.

Conquistas

Os deficientes visuais também conquistaram muito nos últimos anos — apesar de os cães-guia estarem um pouco distante da realidade deles. A tecnologia proporcionou uma independência para essas pessoas, que lutam pela acessibilidade e inclusão — que inclusive é comemorado nesta segunda-feira (13) o Dia Nacional da Deficiência Visual. O Smartphone é uma das ferramentas que evoluiu e se tornou mais inclusivo, segundo a subsecretária de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência de MS, Telma de Matos.

“Os Smartphones com todas as suas propriedades e condições de trabalho, estão vindo com síntese de voz, as imagens já começam a ser descritas dentro dos aplicativos. Os computadores também têm leitores de tela cada vez mais sofisticados e as pessoas cegas ou com baixa visão procuram isso para acessar informação e para comunicação”, exemplificou ela ao Jornal Midiamax.

Atualmente a luta é principalmente para tornar as estruturas mais acessíveis coimo prédios, logradouros e calçadas. “Quando o espaço é acessível para as pessoas com deficiência, ele também é excelente para as demais pessoas”, disse ela, que é pedagoga e também é cega.

Segundo Telma, para se tornar mais acessível, os lugares, para receber pessoas com deficiência visual precisam ter audiodescrição e atendimento adequado. “Nós queremos ter acesso aos demais serviços como esporte, lazer, cultura e entretenimento. Nós sempre buscamos esses espaços”, contou. Para as pessoas com alguma deficiência ou não, a luta continua e há muito par melhorar e tornar o mundo mais acessível.

Compartilhar:

Acidente com caminhão de mercadorias no México deixa 53 mortos

Pelo menos 53 migrantes morreram e 59 ficaram feridos em acidente com um caminhão de mercadorias no sul do México, nessa quinta-feira (9).

“Até agora 53 pessoas morreram e três ficaram gravemente feridas”, informou a Procuradoria-Geral da República do México em comunicado citado pela agência France-Presse, sem dar a nacionalidade das vítimas.

De acordo com a Proteção Civil do estado de Chiapas, onde ocorreu o acidente, as vítimas são da vizinha Guatemala.

O acidente aconteceu perto de Tuxtla Gutierrez, capital do estado sulista de Chiapas, que faz fronteira com a Guatemala.

Os migrantes viajavam amontoados no reboque de um caminhão, de acordo com as informações iniciais dadas pela Proteção Civil. O veículo, que trafegaria com excesso de velocidade, capotou numa curva e bateu contra um muro, relataram testemunhas à Proteção Civil.

O caminhão transportava “mais de 100 pessoas de várias nacionalidades”, disse a Comissão Nacional dos Direitos Humanos (CNDH) na Cidade do México, em nota.

“De acordo com testemunhos de sobreviventes, a maioria é da Guatemala”, afirmou o diretor regional da Proteção Civil, Luis Manuel Garcia.

Bombeiros e ambulâncias foram enviados em massa para o local do acidente. Os feridos foram transportados para hospitais privados e públicos da região.

O estado de Chiapas é porta de entrada para migrantes procedentes da América Central, principalmente de Honduras e El Salvador, na esperança de chegarem aos Estados Unidos.

O transporte em caminhões é um dos métodos habituais utilizados pelos migrantes. Acidentes com veículos pesados de mercadorias que transportam pessoas são comuns no sul do México, onde ocorrem operações de tráfico de migrantes.

Compartilhar:
×