Acidente com caminhão de mercadorias no México deixa 53 mortos

Pelo menos 53 migrantes morreram e 59 ficaram feridos em acidente com um caminhão de mercadorias no sul do México, nessa quinta-feira (9).

“Até agora 53 pessoas morreram e três ficaram gravemente feridas”, informou a Procuradoria-Geral da República do México em comunicado citado pela agência France-Presse, sem dar a nacionalidade das vítimas.

De acordo com a Proteção Civil do estado de Chiapas, onde ocorreu o acidente, as vítimas são da vizinha Guatemala.

O acidente aconteceu perto de Tuxtla Gutierrez, capital do estado sulista de Chiapas, que faz fronteira com a Guatemala.

Os migrantes viajavam amontoados no reboque de um caminhão, de acordo com as informações iniciais dadas pela Proteção Civil. O veículo, que trafegaria com excesso de velocidade, capotou numa curva e bateu contra um muro, relataram testemunhas à Proteção Civil.

O caminhão transportava “mais de 100 pessoas de várias nacionalidades”, disse a Comissão Nacional dos Direitos Humanos (CNDH) na Cidade do México, em nota.

“De acordo com testemunhos de sobreviventes, a maioria é da Guatemala”, afirmou o diretor regional da Proteção Civil, Luis Manuel Garcia.

Bombeiros e ambulâncias foram enviados em massa para o local do acidente. Os feridos foram transportados para hospitais privados e públicos da região.

O estado de Chiapas é porta de entrada para migrantes procedentes da América Central, principalmente de Honduras e El Salvador, na esperança de chegarem aos Estados Unidos.

O transporte em caminhões é um dos métodos habituais utilizados pelos migrantes. Acidentes com veículos pesados de mercadorias que transportam pessoas são comuns no sul do México, onde ocorrem operações de tráfico de migrantes.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×